EMAIL

ouvidoria@santacasacg.org.br

DISQUE ANS

0800 7019656

Aumento nos casos de Covid preocupa e Santa Casa suspende visitas

25 Nov

Aumento nos casos de Covid preocupa e Santa Casa suspende visitas

Os casos de Covid-19 voltaram a crescer em todo o Brasil e tem preocupado as autoridades de saúde. Mas para quem trabalha na linha assistencial, como é o caso da Santa Casa de Campo Grande, com atendimentos de média e alta complexidade em diversas especialidades, esse aumento de casos preocupa mais, principalmente porque o hospital ainda não se recuperou do impacto da primeira onda.

 

O médico José Roberto de Souza, diretor-técnico do hospital e presidente do Comitê Interno de Enfrentamento à Covid-19, aponta o relaxamento das ações preventivas por parte da população como uma das causas para esse crescimento na média móvel de casos na Capital.

 

“As pessoas começaram a ignorar a presença do vírus e esse relaxamento das medidas de segurança é um dos principais motivos para este crescimento no número de casos. Nos preocupa muito esse avanço da doença e medidas precisam ser tomadas”, comentou o médico.

 

Para conter esse avanço e evitar que a doença se espalhe dentro do hospital, algumas medidas já serão adotadas a partir desta semana, seguindo decisão do Comitê Interno de Enfrentamento à Covid-19 que se reuniu em busca de soluções para ajudar o hospital a passar mais uma vez pela situação.

 

“Temos que tomar medidas e dar exemplo e uma delas é a restrição das visitas aos pacientes internados já a partir desta quinta-feira, dia 26 de novembro. Diminuindo a circulação de pessoas dentro do hospital conseguimos proteger não apenas os pacientes que estão internados por outras comorbidades, mas também o corpo técnico assistencial, ou seja nossos profissionais”, destacou, lembrando que esta foi uma das medidas tomadas na primeira onda de contágio e ajudou a evitar novas contaminações.

 

Dr. José Roberto orienta ainda para a população retomar medidas simples. “Algumas situações passaram a ser ignoradas, como o uso de máscara que segue sendo uma medida que ajuda muito, além da lavagem das mãos com água e sabão, assim com desinfecção com álcool”.

 

Nos últimos dias a taxa de ocupação dos leitos Covid-19 no hospital cresceu de forma acelerada. A Unidade de Terapia Intensiva destinada exclusivamente para pacientes com Covid-19, no dia 13, tinha 20% de ocupação. Já no último sábado atingiu 100% e segue sem vagas. Na enfermaria Covid os números também cresceram, passando de 90% a taxa de ocupação.

 

Suspensão de visitas

 

A partir desta quinta-feira (26 de novembro), as visitas estarão suspensas por tempo indeterminado em enfermarias e UTIs. Os acompanhantes para os casos de pacientes que estão previstos em Lei deverão realizar a troca de turno nos horários das 7h às 9h e das 17h às 19h.

 

Para solicitar informações dos pacientes críticos internados nas Unidades de Terapia Intensiva do hospital, o horário dos pedidos será das 14h às 21h30, no Serviço de Atendimento ao Cliente da Santa Casa de Campo Grande pelo WhatApp 67 98472 5160 (somente mensagens).

 

 

Por ASCOM Santa Casa de Campo Grande – 25/11/2020