EMAIL

ouvidoria@santacasacg.org.br

DISQUE ANS

0800 7019656

Unidade de Trauma é entregue e Ministro promete apoio para funcionamento

25 Mar

Unidade de Trauma é entregue e Ministro promete apoio para funcionamento

Em uma cerimônia emocionante, realizada na manhã deste domingo, dia 25, o prédio da Unidade de Trauma foi entregue pela empresa responsável pela obra e apresentado à comunidade que será a grande beneficiada pela nova Unidade. O presidente da ABCG-Santa Casa, Dr. Esacheu Nascimento, recebeu os convidados, entre eles o ministro da saúde, Ricardo Barros, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o prefeito municipal, Marcos Trad, os senadores  Waldemir Moka, Pedro Chaves e Simone Tebet, além de deputados federais, estaduais, vereadores, demais autoridades e população.  

 

Em seu pronunciamento, Esacheu Nascimento ressaltou a importância da união ocorrida em torno do objetivo com o empenho dos governos federal, estadual e municipal, além de MPs e a própria ABCG. “O empenho e a participação de todos os entes envolvidos neste processo, inclusive acompanhando o andamento, foi fundamental para que hoje pudéssemos apreciar este belo prédio que, em breve estará abrigando e tratando os cidadãos que necessitarem do socorro médico”, disse.

 

O presidente lembrou ainda que a Unidade não é apenas um prédio, mas um ambiente de acolhimento às pessoas que necessitem de assistência médica e também o local de trabalho para muitos. “Muito mais que um edifício hospitalar, trata-se de um espaço de acolhimento aos pacientes e de trabalho para médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e tantas outras profissões necessárias ao bom atendimento”, lembrou.

 

Apoio federal

O ministro da saúde, Ricardo Barros, anunciou sob aplausos a liberação de R$ 6,2 milhões para a finalização do equipamento e organização da Unidade para o atendimento. “Com este recurso a Santa Casa poderá organizar o serviço e cadastrar a nova Unidade para que os recursos de custeio sejam aportados”, explicou, e prosseguiu, “Todo financiamento de saúde é tripartite e a União estará presente com sua obrigação na manutenção dos serviços desta importante unidade”, exclamou sob aplausos.

 

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, ressaltou a participação de outras pessoas no passado da Unidade, que um dia foi a maternidade da Santa Casa de Campo Grande. “Ao apresentarmos esta linda obra à sociedade precisamos lembrar que muitos foram os partícipes para sua realização. Se andarmos um pouco na história chegaremos a nomes como o do Dr. Pedro Pedrossian e do Dr. Wilson Barbosa”, rememorou.

 

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, agradeceu a todos que, de alguma forma colaboraram para a finalização da Unidade. “Quero deixar minha homenagem a todos que, estando ou não presentes, contribuíram para que pudéssemos estar aqui hoje recebendo esta Unidade. Isto prova que quando todos querem as coisas acontecem. Parabéns à União, aqui representada pelos excelentíssimos ministros, ao Estado de MS, por nós representado neste ato, à Prefeitura Municipal, na pessoa do prefeito Marcos Trad e à ABCG-Santa Casa que concluiu esta importante tarefa”, parabenizou o governador.

 

O prefeito da Capital, Marcos Trad, ressaltou o bom relacionamento que tem estabelecido com a Santa Casa e importância da Unidade para Campo Grande e todo o Estado. “Fico feliz com mais esta conquista de nossa gente e ressalto aqui o bom relacionamento que a Prefeitura e a Santa Casa vêm mantendo. Com isto conseguimos avançar na questão da regulação de pacientes e ampliar o acesso a tratamento. Agora a entrega da Unidade de Trauma que vem para desafogar a Santa Casa e abrir oportunidade à ampliação do atendimento de outras especialidades. Parabéns a todos os responsáveis e aos sul-mato-grossenses”, finalizou o prefeito.

 

A estrutura

 

A Unidade conta com cinco novas salas cirúrgicas, 12 leitos de terapia intensiva (dois deles em isolamento), 110 leitos de enfermaria, duas salas para pequenos procedimentos cirúrgicos, três salas de observação com 15 leitos, três consultórios, duas salas de odontologia, duas salas de radiologia, uma sala de fisioterapia, uma salada de reabilitação, uma sala de tomografia, sala de emergência, área para recebimento de ambulâncias. Para a finalização da Unidade foram aplicados R$ 8.701.224,58 divididos nas seguintes responsabilidades: recursos municipais em R$ 3.263.448,97, recursos estaduais em R$ 1.694.980,75, recursos da federais em R$ 2.851.950,76 e recursos da Santa Casa em R$ 890.884,40. Com equipamentos e alterações exigidas pela VISA no pós-projeto, foram aplicados outros cerca de R$ 4 milhões por parte da Santa Casa com apoio do Governo do Estado.